Ouro a aumentar de valor: e vão 12 …

preço do ouro a subirO ouro ultrapassa os dez por cento de ganhos, mais concretamente 11.2% desde o início do ano, naquele que já é melhor início de ano desde 1983. O conjunto de analistas ouvidos pela Reuters acreditam que 2012 não deixará de ser o 12º ano consecutivo de ganhos para o ouro, e que este desempenho vai-se estender até pelo menos ao início do próximo ano.

De acordo com os mesmos analistas, 45 ao todo, o aumento de reservas dos bancos centrais dos principais países (no ano passado a compra de ouro pelos bancos centrais atingiu máximos de 1964), e as políticas monetárias expansionistas levadas a cabo pelas nações, deverão sustentar o preço do ouro.

Apesar da projeção dos analistas apontar em média para uma  cotação do ouro em torno dos 1783 dólares a onça, vários dos maiores bancos de investimento, incluindo a Morgan Stanley, UBS e Société Générale, preveem que a cotação média do ouro se fixe acima dos 2000 dólares a onça.

 

Risco de quebra do ouro está afastado

A Reserva Federal norte-americana – Fed já comunicou que irá continuar a sua política de juros zero e de quantitative easing, permitindo uma maior liquidez à economia, facto que contribuirá para suportar o preço do ouro.

Tal atuação afasta o maior fator de risco para a generalidade das pessoas que investem em ouro, que é a circunstância das taxas de juro subirem.

Uma subida das taxas de juro beneficiaria as obrigações do Tesouro norte-americano que são a par do ouro, o porto de abrigo mais sólido a que os investidores recorrem.

A juntar a esta boa razão para realizar um investimento em ouro, uma outra: a política monetária da Fed (Reserva Federal norte-americana) pretende manter o dólar a uma baixa cotação, o que mais uma vez favorece a compra de ouro, uma vez que o metal amarelo é negociado em dólares.

 

Deixe um comentário