Investir em ouro contra a corrente

bogner-investir-ouroEsta é a hora de ser corajoso, de comprar ouro quando o mundo inteiro está a vender.

Quem o diz é Stephan Bogner, o analista da Research Rockstone e CEO da milionária Elementum International.

Entendendo que o momento é de ir contra a corrente e não o de embarcar no que a maioria está a fazer, Bogner acredita que os investidores devem investir em metais preciosos, tanto em nos metais físicos, como barras e moedas, como em ações que de alguma maneira os representem.

O CEO da Elementum International está interessado nas empresas que apresentam rentabilidade agora, mas também naquelas que segundo ele, podem um qualquer dia, voltarem a estar no topo.

Em entrevista concedida ao Gold Report, Bogner descreve o que é para ele a carteira ideal, que inclui empresas que operam em lugares bastante distantes entre eles.

Questionado sobre a razão do seu otimismo ser maior agora em relação ao ouro e à prata, do que no momento em que o mercado altista, o chamado Bull Market começou há quase 13 anos atrás, e quando precisamente o banco suíço UBS diz ter terminado este longo super-ciclo das commodities, Bogner refere já estar otimista em relação ao ouro e à prata desde 2002, quando terminou os seus estudos universitários, particularmente com uma tese sobre o Ouro em contexto macroeconómico, e estar ainda mais otimista hoje, porque segundo ele a macroeconomia não melhorou, pelo contrário, piorou.

O CEO da Elementum International vai mais longe nas razões para aconselhar a continuação do investimento em ouro, e refere que atualmente não há nenhum outro lugar para o investidor “se esconder” da crescente incerteza e dos excessos do sistema financeiro e económico.

Segundo ele, a recente crise em Chipre tem mostrado que o dinheiro numa conta bancária já não é seguro e Bogner nem está a levar em linha de conta outra ameaça a esse dinheiro, que é a inflação.

 

Deixe um comentário