Ouro usado

ouro usado

Pode vender praticamente tudo como ouro usado. Quem compra ouro geralmente aceita qualquer peça em ouro usado, e pode fazê-lo por atacado – vendendo várias peças, ou apenas uma. Pode vender ouro desde jóias a relógios e moedas até e até barras ou libras.

As peças até podem estar danificadas e podem ser de várias proveniências: Anéis, Brincos, Relógios, Argolas de tornozelo, Broches, Crachás, Pins, Argolas, Colares, Pingentes, Berloques, Piercings, Tiaras, Braceletes, Correntes, Alfinetes de cabeça, Isqueiros, Guarda-jóias, e outros acessórios.

Os negociantes de ouro usado também pagam por ouro dental, ou seja, dentes ou mesmo restos de dentes em ouro, com metal agarrado ou não, limpos ou sujos.

Outro artefacto em ouro que pode ser vendido é a pepita de ouro, de que muitas pessoas dispõem principalmente se têm alguma ligação à América ou à Austrália, onde eram vendidas como recordações. Estas pepitas eram há alguns anos atrás baratas e agora têm um alto valor no mercado.